Frases de Machado de Assis – As citações mais importantes do autor


Joaquim Maria Machado de Assis nasceu no Rio de Janeiro, no Morro do Livramento, 21 de junho de 1839, filho de mulatos livres Francisco José de Assis, pintor de casas, e de Maria Leopoldina Machado de Assis, lavadeira. Órfão muito criança, foi criado por sua madrasta, a mulata Maria Inês, que lhe ensinou as primeiras letras. Passou pela escola pública, mas realmente a sua formação foi autodidata

Em 1860 passa a colaborar no Jornal do Rio. Machado será o encarregado de analisar os debates do senado. Obrigado a refletir sobre a política e a vida social, a experiência será para o menino de vinte e um anos, um interessante aprendizagem. Esta parte de sua obra mostra um excelente jornalista que começa a forjar esse modo inconfundível de dizer, tão simples e profundo de cada vez, marcado por uma inteligente ironia.

Nesta década, publicou boa parte de sua produção teatral: Hoje avantal, amanha luva (1860), É que as mulheres têm para os tolos (1861), que aparece como uma suposta tradução, Desencantos (1861), Caminho da porta (1863), Ou protocolo (1863), Quase ministro (1863) e Os deuses de casaca (1866). Se como dramaturgo não consegue o reconhecimento, sim o atinge como poeta com as poesias românticas de Crisálidas (1864). São seus primeiros livros.

Quase todas estas obras-primas da narrativa foram escritas em meio a uma vida tranquila e ordenada do funcionário Machado. E alguma após a sua aposentadoria forçada, em 1897. Então, fazia algum tempo que era considerado o melhor escritor brasileiro.

Sua aclamação como presidente da Academia Brasileira de Letras, da qual foi membro fundador, constituiu um reconhecimento mais.


Frases importantes de Machado de Assis


Vida é luta. Vida sem luta é um mar morto no centro do organismo universal.

O tempo é um tecido invisível em que se pode bordar tudo.

A vida é uma enorme loteria; os prêmios são poucos, os malogrados inúmeros, e com os suspiros de uma geração é que se amassam as esperanças da outra

O casamento é a pior ou a melhor coisa do mundo; pura questão de temperamento.

Um dos defeitos mais gerais, entre nós, é achar sério o que é ridículo, e ridículo o que é

sério, pois o tato para acertar nestas coisas é também uma virtude do povo.

Não se deliberam sentimentos; ama-se ou aborrece-se, conforme o coração quer.

Amor de mãe é a mais elevada forma de altruísmo.

Não há alegria pública que valha uma boa alegria particular.

Há em cada adolescente um mundo encoberto, um almirante e um sol de outubro.

Quando não se pode atinar com o caminho do coração, toma-se o caminho da porta.

Não é só o céu que dá as nossas virtudes, a timidez também, não contando o acaso.

Cada estação da vida é uma edição, que corrige a anterior, e que será corrigida também, até a edição definitiva, que o editor dá de graça aos vermes.

Defeitos não fazem mal, quando há vontade e poder de corrigi-los.

Comentários

Postagens mais visitadas